Nossas Dicas

Conheça algumas dicas  da Zeus Pet Shop pra você conviver melhor com seu animal de estimação.

 

 Alimentação Natural para os Pets        

 

Muitas pessoas confundem compartilhar as refeições humanas com oferecer uma alimentação natural, uma modalidade nutricional que existe há mais de 70 anos e está começando a ser introduzida no Brasil. A dieta é baseada em alimentos crus, preferencialmente, incluindo ossos carnudos, ou em grãos, verduras e carnes cozidas (sem ossos). Diferentemente da nossa comida, a chamada AN busca alimentos livres de temperos, conservantes e aromatizantes e segue recomendações nutricionais específicas de veterinários. “É importante sempre buscar orientação profissional, uma vez que a ração é considerada o alimento mais completo para os pets. E, para alcançar seu nível de nutrientes, é preciso que a alimentação seja muito balanceada”, diz Flávio Nunes, veterinário especializado em morfofisiologia pela Universidade Federal de Lavras (UFLA).

Fonte : revistameupet.com.br

Ao adotar ou comprar um pet, atenção :    
 
                                                                                                                    

Família: um amigo deve levar só alegrias. Antes de levar um animalzinho para casa, tenha certeza de que ele não será motivo de discórdia e brigas. Caso contrário, todo mundo vai sofrer, principalmente ele.

Alimentação: um animal bem alimentado é um amigo feliz. Forneça alimentos apropriados, de acordo com a espécie e a idade do animal. Os adultos devem ser alimentados duas vezes ao dia, e os filhotes de quatro a seis vezes ao dia. Mantenha sempre a água limpa e fresca à disposição. Recolha os restos de alimentos do comedouro do animal, evitando, assim a proliferação de ratos, baratas e formigas.
 
Higiene: o cão deve ter abrigo confortável, protegido do sol, da chuva e do vento. Para evitar algumas doenças, recomenda-se um banho por mês. Já os felinos são animais muito limpos e não precisam tomar banho frequentemente. E lembre-se: todo proprietário deve recolher as fezes de seu animal nas ruas, nas calçadas e nos parques. É uma atitude de cidadania e obrigatória por lei.
 
Cuidados Médicos: seu amigo também precisa ir ao médico. Ao desmamar, ele deve visitar o médico veterinário para desverminar e receber as vacinas. Os filhotes devem ser vacinados com 2, 3 e 4 meses de idade, e os adultos anualmente, com vacina contra a raiva e doenças próprias da espécie. Providencie a vermifugação do seu animal seguindo as orientações veterinárias a esse respeito. E não se esqueça de levá-lo para fazer exercícios.
 
Atividades físicas: durante o passeio, utilize sempre coleira e guia. É segurança para o animal e para as pessoas. Se o animal for bravo, utilize também a focinheira e evite agressões.
 
Castração: o animal castrado vive melhor e fica mais dócil. Todo proprietário pode levar seu animal para castração, seja ele macho ou fêmea, de raça ou não. Assim, você contribui para diminuir a superpopulação de animais na cidade.
 
Identificação Definitiva: a aplicação do microchip é um método seguro de identificação definitiva no seu animal. Do tamanho de um grão de arroz, sua aplicação é simples e não precisa de anestesia. Por ser inviolável, ele garante a identificação do seu amigo caso ele se perca, ou seja, roubado.
 
Cadastramento: ajude-nos a fazer um trabalho ainda melhor. Contribua com a nossa equipe cadastrando seu amigo. Ele é um registro dos dados do animal (idade, raça e outros) e do dono (nome, endereço e outros).
 
Lembre-se: Maltratar um animal, por qualquer motivo, além de cruel, é um crime que prevê penas de prisão e multa.
Trate bem quem só quer dar carinho e atenção. Faça dessa amizade uma Guarda Responsável.